Estrelas Brasileiras com Jesper Hedegaard Trio #3

Em março de 2015 Jesper Hedegaard traz dois proeminentes músicos do Brasil para a Dinamarca. É, portanto, o terceiro ano consecutivo em que a “Estrelas Brasileiras com Jesper Hedegaard Trio” realizam uma turnê na Dinamarca. Desta vez é com a cantora Thaís Motta do Rio e o baterista Ramon Montagner de São Paulo, ambos apreciados no Brasil.

Thais Motta, dona de uma bela voz e vasta experiência, contribui com brilho brasileiro em sua vocalização nos estilos instrumentais como baião, samba e choro, e ela interpreta sublimemente canções de Jobim e Johnny Alf, entre outros. Em abril e outubro de 2014, Jesper fez concertos com Thaís Motta no Rio de Janeiro.

Ramon Montagner é um dos principais bateristas do Brasil. Por causa de sua versatilidade e toque brasileiríssimo, ele é muito requisitado em sua terra natal, onde se apresentou com grandes nomes. Ele tocou por 12 anos com um dos grandes artistas da Bossa Nova do Brasil, o Johnny Alf. Portanto ele contribui com seu conhecimento e virtuosidade para o estilo que caracteriza Jesper Hedegaard Trio.

O Trio apresenta uma abordagem de música brasileira instrumental num conceito moderno e expressivo com foco na harmonia, melodia, ritmo e improviso, e baseia-se no estilo dos famosos trios brasileiros da década de 1960. No repertório constam músicas inéditas como o choro Reencontro e o samba Frutos do Nagé, além de músicas de compositores como Tom Jobim, Durval Ferreira, Filó Machado, Hermeto Pascoal, Eliane Elias, Luiz Eça, Toninho Horta e Arismar do Espírito Santo.

Em 2010 Jesper Hedegaard apresentou-se em shows no Rio em colaboração com o Instituto Cultural da Dinamarca no Rio de Janeiro e com o apoio de JazzDenmark. Em 2012 ele gravou em São Paulo o CD “Time to change” com Sidiel Vieira e Magno Bissoli. Voltou no mesmo ano ao Rio e São Paulo para fazer shows. Em 2013 e 2014 realizou duas turnês bem sucedidas na Dinamarca sob o nome de “Estrelas Brasileiras com Jesper Hedegaard Trio” trazendo Sidiel Vieira/Fernando Pereira e Renato Endrigo/Dudu Penz com a participação de Alexander Kraglund.

O contato com o Brasil continua intenso e extenso. A nova formação do Jesper Hedegaard Trio é a melhor prova disso. Enquanto isso, Jesper tem facilitado um intercâmbio contínuo entre a Dinamarca e Brasil, onde desde 1976 trouxe mais de 100 músicos brasileiros para a Dinamarca, e até mesmo viajando para o Brasil em turnês todo ano. E não termina por aqui …

Thaís Motta – voz
Alexander Kraglund – violino, gaita
Jesper Hedegaard – piano
Morten Ankarfeldt – contrabaixo
Ramon Montagner – bateria

15 de março Århus Kunsthal
17 de março Paradis Jazz, Huset
18 de março Templet, Lyngby
19 de março Gaint Steps
21 de março Kulturhuset Islands Brygge
22 de março Værket i Randers

Tagged as .