Festival Brasil94 e Festival Brasil2001

Como idealizador e produtor eu criei dois festivais em Copenhague sobre cultura brasileira.

Festival Brasil94 consistiu em 18 eventos com concertos, exposições, workshops, debates e seminários com 35 visitantes músicos, dançarinos e intelectuais, incluindo Zizi Possi, Leny Andrade, Antônio Adolfo, Joyce e Ilê Ayê.

Sobre a ideia do festival:

Pano de fundo
O Brasil não é somente o país de carnaval e futebol, que é a imagem clichê favorita da mídia. É o lar e produtor de muitas outras formas de arte e valores que têm raízes na história e na construção da sociedade brasileira. Carnaval e futebol tem um lugar merecido na cultura popular, mas na realidade brasileira, há um alto nível de interação entre as múltiplas formas de expressão, cada uma das quais relacionadas com os componentes heterogêneos da população.

Objetivos
É uma pequena amostra dessa riqueza cultural que o festival dá acesso, combinando artes performativas (música, dança, vídeo e artes culinárias) e reflexões sobre os temas do festival, por meio de palestras e debates. Desta forma, o festival fornece ao público a oportunidade de conhecer vários aspectos dessa complexidade cultural, e dá um impulso revitalizante ao ambiente de estudantes e artistas.

O Festival Brasil94 apresenta alguns dos maiores artistas do Brasil e cria uma imagem da produção cultural do Brasil em um nível elevado.

O Festival Brasil2001 com o tema do multiculturalismo apresentou os frutos da história do Brasil com 501 anos de multicultura. O desejo foi, assim, colocar em jogo o papel multicultural da Dinamarca no futuro contexto global. O festival consistiu em 40 eventos ao longo de 10 dias de concertos, filmes, apresentações de dança, exposições, eventos literários, debates, seminários e workshops com 59 visitantes músicos, dançarinos e intelectuais.

Sobre a ideia do festival:

Pano de fundo
O primeiro Festival Brasil aconteceu em 1994, quando Zizi Possi, Joyce e Ilê Aiyê e antropóloga Maria de Lourdes Siqueira foram apresentadas à Dinamarca. O público estava empolgado e contente, a imprensa entusiasmada e artistas igualmente animados. E nos anos seguintes podia-se notar acontecimentos nas instituições acadêmicas e artísticas dinamarquesas ligados diretamente ao efeito do Festival Brasil94.

Agora estamos dando continuação a este sucesso. Enquanto o Brasil Festival94 se preocupava em romper com as imagens clichês do Brasil, decidimos com Festival Brasil2001 focar no tema do multiculturalismo e apresentar os frutos da história do Brasil com 501 anos de multiculturalismo.

A riqueza cultural do Brasil tem uma profundidade, qualidade e divergência que ainda mais pessoas na Dinamarca podem se beneficiar. O país com uma multicultura composta de vários grupos étnicos, religiosos e nacionais, com 27 estados e cada um deles a sua própria identidade cultural, com um denominador comum brasileiro que teve origem em culturas africanas, européias e nativas. Esta constelação cultural é hoje uma das principais razões pela qual o Brasil é enfatizado por antropólogos e sociólogos pelo mundo como um exemplo de convivência multicultural produtiva e criativa.

Dinamarca depende de influências culturais
Na Dinamarca não temos tradição de ritmo e improvisação. Tudo o que temos é adquirido através de uma influência externa, que começou com a visita de Louis Armstrong à Dinamarca em 1933. Desde então, temos recebido um grande número de estrelas do mundo do jazz. Abrimos conservatórios rítmicos e recebemos muita inspiração e discernimento de todos os cantos do mundo. O que seria da Dinamarca sem o Big Band da Rádio Dinamarquesa, os locais de salsa e todas as outras influências multiculturais? Eu não sei, mas certamente seria muito chato.

Objetivos
Mostrar arte e cultura brasileira
Contribuir para a diversificação da cultura dinamarquesa
Enfocar o debate sobre o multiculturalismo, em relação à educação e convivência
Promover a compreensão cultural através do encontro entre mundos
Intensificar as relações que já existem entre o Brasil e a Dinamarca
Criar um evento cultural espetacular em Copenhague.

Tagged as .